Engenharia Civil

Você já se perguntou o que um engenheiro civil faz? Engenharia Civil é um dos cursos mais tradicionais brasileiros, em média, o Brasil produz cerca de 100 mil engenheiros civis formados, mas o que faz um engenheiro?

O engenheiro civil é o profissional responsável por executar e trabalhar em conjunto com obras e edificações como prédios, pontes, estradas, barragens, viadutos, casas e mais inúmeras possibilidades. Tudo que é construído pelo homem é construído, também, por um engenheiro civil.

Existem vertentes da engenharia que trabalham mais especificamente com determinados serviços. Entre elas está a engenharia química, engenharia elétrica, engenharia mecânica, mais de 30 tipos de engenharia. A engenharia civil é a mais completa, pois engloba projetos de construção, concepção e manutenção de uma obra. É aquele profissional que está desde o começo envolvido em todo o projeto, assim como o arquiteto, profissões que, apesar da fama de concorrentes, são complementares e essenciais no desenvolvimento de uma construção.

Perfil de quem vai cursar engenharia civil

O número de alunos matriculados no curso de engenharia civil cresce anualmente, mas o que leva um aluno a continuar o curso? Qual o perfil de um aluno de engenharia civil?

Se você pensou em física e matemática está um passo à frente. Formandos e formadores defendem que o básico é gostar das duas matérias, afinal, as principais ferramentas da engenharia civil são a matemática, física, química e computação. Todas aplicadas em um conjunto de projetos e plantas. E se você é inteligente o suficiente para se divertir com a facilidade dos números, também poderá ser um ótimo engenheiro.

Etapas durante o curso de construção civil

Na maioria das faculdades brasileiras, os dois primeiros anos são totalmente teóricos e fundamentais. Os alunos aprendem durante quatro semestres matérias como cálculo e física. É em matérias como cálculo, por exemplo, que o aluno aprende fundamentos que vão, de fato, ser utilizados em projetos, como orçar e comprar materiais.

Você consegue imaginar o cálculo para medir a quantidade e qualidade de material necessário para construir uma ponte? Ou analisar o solo e verificar as possibilidades de materiais a serem usados para determinado tipo de fundação? Matérias como cálculo e física chegam a aparecer quatro vezes em alguns currículos de universidades.

Durante o curso, o aluno cursa disciplinas como administração, economia, estruturas, saneamento e hidráulica, transportes, desenho técnico, concreto (sim, é uma matéria) e outras.

É muito comum um aluno se formar com pessoas completamente diferentes da sua primeira aula, isso porque  semestralmente existem muitas desistências devido à pressão exercida pelas matérias.

Momento ideal para procurar estágio em engenharia civil

A parte prática é proposta a partir do terceiro ano. É nesse semestre que as coisas começam a ficar interessantes. Órgãos públicos, gerenciadoras de obras, construtoras, escritórios e até o mercado financeiro atuam com a contratação de estagiários em engenharia no início de cada semestre. O terceiro e último ano são os momentos ideais para iniciar um estágio na construção civil, pois o aluno nesta etapa está começando a executar tarefas práticas aprendidas em salas e laboratórios.

O estágio é obrigatório para os alunos de engenharia civil, assim como o trabalho de conclusão de curso, o famoso TCC (Trabalho de Conclusão de Curso).

Escolhendo uma das quatro engenharias civis

Com o desenvolvimento do curso, os últimos semestres passam a ser extremamente importantes para um aluno de construção civil. É no estágio que ele começa a entender o que é o desenvolvimento de um projeto. O estagiário é submetido a tarefas que vão além dos cálculos dos últimos semestres.

As matérias são direcionadas para a prática da engenharia e com o estágio os alunos conhecem a realidade de como funciona o desenvolvimento de um projeto de engenharia civil, do escritório à obra.

É neste momento que o futuro profissional irá decidir sua área de atuação. Apesar de transmutável, a amplitude da engenharia civil fez com que ela se organizasse, entre outras, em quatro principais áreas:

  • Estruturas;
  • Transportes;
  • Gestão e;
  • Hidráulica

Fazendo com que os alunos comecem nesse período do curso a escolher sua área de atuação.

Estruturas


Em estruturas da engenharia civil o aluno aprende a edificar estruturas e fundações. Entre elas estão as edificações de aço, concreto e madeira. Uma das matérias mais temidas se encontra nesta aula, cálculo.

Transporte e infraestrutura


Em transporte e infraestrutura da engenharia civil o aluno aprende a construir obras como ferrovias, viadutos, túneis e outros.

Hidráulica


Em Hidráulica da engenharia civil o aluno aprende a fazer o gerenciamento e execução de sistemas de irrigação, como os usados para o cultivo de alimento, obras costeiras entre outros.

Gestão


Em Gestão da engenharia civil o aluno aprende técnicas administrativas e gestão em pessoas, além de atuar no planejamento do projeto, organização de recursos financeiros e outros.

 

Curiosidades

  • Por exigência, um profissional de engenharia civil deve ter diploma de graduação em engenharia civil e estar registrado no Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Crea).
  • A média mensal do ganho inicial de um engenheiro civil é de R$ 4 mil reais, chegando a R$ 20 mil reais em sua melhor performance.
  • Não só de cálculos vive um engenheiro, ele deve levar em consideração o fator social, meio ambiente, físico, harmônico e econômico de um projeto.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Top