Quais as instituições já aderiram ao FIES sem fiador?

Sem precisar de Fiador - Com o FIES dá!

O Fies (Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior) é um programa do Governo Federal que através do MEC (Ministério da Educação) financia cursos de graduação para estudantes da rede particular de ensino superior, a novidade é que desde 2010 os estudantes podem obter o financiamento do MEC sem a necessidade de fiador (avalista), porém a maior dúvida dos estudantes é descobrir quais as instituições já aderiram ao Fies sem fiador?

Até o ano de 2010 (leia: Fies não precisa mais de Fiador), para o estudante conseguir o financiamento através do Fies era obrigatória a apresentação de um fiador, a partir de 2010 o MEC anunciou a possibilidade da não necessidade de um fiador, nesse caso o fiador do estudante seria o Fundo de Garantia de Operações de Crédito Educativo (FGEDUC) ou Fundo Garantidor, em caso de inadimplência o ônus seria do Fundo. Porém o estudante só pode optar por aderir ao Fies sem fiador caso a instituição na qual ele vá realizar seu curso já tenha aderido ao Fies sem fiador.

Mais informações sobre o Fundo de Garantia de Operações de Crédito Educativo (FGEDUC) ou Fundo Garantidor.

Assim muitos estudantes procuram saber quais as instituições já aderiram ao Fies sem fiador, infelizmente mesmo decorridos 2 anos dessa possibilidade ser ofertada pelo MEC, a adesão das faculdades e universidades ainda é pequena e não existe por parte do MEC uma listagem das instituições do Brasil que já oferecem essa opção do Fies pelo Fundo Garantidor ao estudante. No ano passado o MEC fez um comunicado de que apenas 17% das instituições haviam aderido ao Fies sem fiador, quantidade considerada bastante baixa.

Podem optar pelo Fies sem fiador os estudantes cuja renda familiar mensal per capita não ultrapasse um salário mínimo e meio, os matriculados em cursos de licenciatura e os bolsistas parciais do ProUni (Programa Universidade para Todos). Mais informações sobre o Fies no site oficial do Fies.

Como já dito não existe uma lista das instituições que já aderiram ao novo Fies sem fiador, para saber se uma referida instituição já aderiu, o interessado deverá entrar em contato com a própria instituição. Caso sua faculdade já tenha optado pelo novo Fies, deixe seu comentário abaixo indicando o nome e o estado.

26 comentários em “Quais as instituições já aderiram ao FIES sem fiador?

  1. gostaria que me informassem,consegui fazer minhas inscrição no fies,sendo que coloquei meu curso enfermagem e quero trocar para fisoterapia e os valores tao errados tem como consertar isso .obg

  2. olá quero saber se a faculdade cândido mendes de Niterói rj já aderiu ao fies.
    eu acho que temos tanta informação que acabamos não conseguindo entender quase nada
    eu também queria saber sobre o sisu eo prouni. quem poder meda alguma explicação sobre algum desses assuntos eu agradeço…

    • T?oim, o site diz pra VOCÊ entrar em contato com a faculdade de sua preferência, verificar se eles se inscreveram no no novo fies e se sim então postar aqui o nome e localidade da tal

  3. Por que o site do Fies não disponibiliza os nomes das faculdades que aderiram ao FGEDUC (sem fiador)? isso pouparia tempo, pois temos que ligar na instituição para fazer a pergunta, ficaria bem mais fácil se esta informação estivesse no próprio site.

  4. Gostaria de saber como faz para saber as instituições participantes do estado do Ceará
    que aderirão ao fies sem fiador
    Obrigada!

  5. Eu tranquei meu fies gostaria muito de saber,quais sao as faculdades brasileiras do curso de medicina q tem a mesma proposta do contrato da anhanguera sem fiador…..pois ngostaria muito tranferi de curso aproveitando fies ,,,nem que eu tenha que fazer vestibular….brasilia ou qualquer lugar do brasil hj moro em anapolis GO.obg.!

  6. Gostaria de saber, se o curso de medicina também pode entrar no programa do FGeduc caso a instituição tenha essa modalidade de financiamento (Fies) com financiamento sem fiador (FGeduc), só que pelo que me parece uma parte mínima das instituições aderiram a esse programa, infelizmente, como sempre o estudante de baixa renda fica impossibilitado de fazer o financiamento (Fies) para quem quer cursar o curso de medicina em uma universidade particular, acaba ficando impossível porque pela modalidade normal tem que ter fiador cuja renda seja o dobro da mensalidade, portanto impossível, como sempre o pobre não tem vez, um absurdo isso, o governo que se diz tão social deveria rever essa proposta já que necessita tanto de médicos, levem em consideração que igual a minha insatisfação e indignação tem milhares nesta mesma situação. Por favor, vamos rever isso, com URGÊNCIA !!!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *