Redações que atentem contra direitos humanos terão nota zero no Enem

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (Inep) organizador da prova do Enem voltou a publicar texto reafirmando a importância dos direitos humanos na proposta de intervenção na redação do Enem 2016, segundo o órgão as redações que não cumprirem esses requisitos serão zeradas mesmo que os demais pontos estejam corretos.

Desde 2013 se tornou item obrigatório a observância dos direitos humanos na prova do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) e por isso desde essa data milhares de provas já foram zeradas por não observarem esse critério. Às vésperas da prova do Enem 2016 esse assunto volta a ser publicado para que assim os alunos fiquem atentos quando forem escrever suas propostas de intervenção.

Na redação do Enem de 2015 que tinha como tema A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira tiveram muitas redações que deram como solução à violência outras formas violentas  contra a mulher, algo contraditório e discriminatório. Isso não pode acontecer, pois nossa sociedade busca direitos iguais a todos sem distinção alguma como esta em nossa constituição.

Esses pontos de vista preconceituosos deveriam ter sido trabalhados em família e na escola para que ninguém mais pensasse dessa forma, como ainda há esse tipo de pessoa a prova do Enem usa como dispositivo a pontuação zero para coibir esse tipo de pensamento retrógado.

Deve-se atentar que toda a redação que tiver proposta que atente contra os direitos humanos seja contra qualquer pessoa, mesmo aquelas consideradas como “escória” da humanidade (como alguns ainda insistem em dizer) será zerada. Os direitos humanos são para todos independentemente da opinião individual.

redacao-enem

Outros critérios de anulação

O candidato deve-se atentar a todos os eixos que compõem a redação do Enem 2016, pois eles devem cumpridos. Além do desrespeito aos direitos deve-se atentar também:

  • Obedecer à estrutura dissertativa argumentativo do texto
  • Não fugir ao tema proposto
  • Não escrever menos que sete linhas
  • Não copiar a introdução ou texto motivador
  • Não usar desenhos
  • Não entregar a folha em branco

Na edição do Enem do ano passado mais de 50 mil redações foram zeradas por descumprirem um desses itens supracitados. Muitos candidatos vão fazer a prova sem nenhum preparo, por isso é importante você ler a Cartilha do participante do Enem 2016 que traz todos esses detalhes sobre  a redação do Enem 2016

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Top